Skip to main content

Alevinos-juvenil-de-piratinga

alevinos e Juvenil de piratinga

Juvenil de piratinga

Brachyplathystoma filamentosum, conhecido popularmente como piraíba, piratinga e piranambu (os exemplares jovens da espécie são conhecidos como filhote),[1] é um peixe de água doce da região amazônica da América do Sul. Pode atingir até 2,50 metros de comprimento e 300 quilogramas de peso. Tem ocorrência nas bacias do Araguaia e do Amazonas. É de grande importância comercial, possuindo carne muito apreciada na culinária brasileira. É considerado o maior peixe de água doce brasileiro depois do pirarucu, sendo da família dos grandes bagres. É carnívoro e habita o fundo dos canais dos rios. Para sua captura, é necessária tralha pesada, linhas de, em média, 80 libras, varas de ação rápida e, como isca, peixes em pedaços ou inteiros vivos
Peixe de grande porte, seguramente o maior dos silurídeos brasileiros, corpo acinzentado escuro acima da linha lateral e mais claro abaixo desta, cabeça e boca muito grandes com maxilar superior proeminente e barbilhões sensoriais. Pode ultrapassar 2m de comprimento e pesar mais de 150Kg. Quando menores que 50/60Kg, são chamados filhotes.
Onde é Encontrado:Bacias Amazônica e Araguaia-Tocantins, onde vivem nos locais profundos dos rios, confluência destes ou em saídas de corredeiras.
Equipamentos:Ultrapesado, linhas 150 a 200Lb, anzóis acima de 12/0.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para a barra de ferramentas